Vírus espião para iPhone é roubado



Você se lembra da empresa de segurança Israelense NSO Group? Essa empresa costuma prestar consultoria e assistência a agências de segurança como o FBI e CIA, e o motivo dessas agências recorrerem a NSO é o simples fato dela ter em mãos o software ou malware mais cobiçado do mundo. Conhecido como Pegasus, esse software é capaz de hackear o sistema iOS de qualquer iPhone, esse malware consegue burlar o sistema de segurança do iPhone, podendo assim expor todos os dados do aparelho mesmo sem digitar a senha. Obviamente as agências de segurança utilizam essa ferramenta da NSO para resolver crimes, em que o suspeito não informa a senha do aparelho, esse motivo é aceitável e até nobre, mas e se esse software de espionagem caísse em mãos erradas?

Durante essa semana foi noticiado que um ex-funcionário da NSO Group, foi acusado de hackear o computador de seus ex-chefes e roubar o Pegasus, segundo a NSO, após o furto, o mesmo funcionário tentou vender o software na darkweb por US$ 50 milhões, essa venda sem dúvida alguma poderia comprometer a segurança mundial, mas felizmente o possível comprador resolveu alertar a NSO ao invés de concretizar a compra.

Segundo um comunicado do ministério israelita, o ex-funcionário da NSO tem 38 anos e era programador sênior na empresa, com acesso as ferramentas e servidores da empresa, no dia 29 de Abril desse ano (2018), esse ex-funcionário foi chamado para uma audiência pela NSO antes de sua demissão, e após ser demitido, fez o download do Pegasus e de várias informações que valem centena de milhões de dólares, ao que tudo indica esse ex-funcionário que não teve o nome revelado, tentou trocar todas as informações por criptomoedas.

Segundo a NSO, o ex-funcionário esta preso, e nenhuma informação, software ou propriedade intelectual foi vazada, vendida ou compartilhada com terceiros.

Como diz o velho e bom tio Ben Parker “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades“; É extremamente perigoso uma empresa ter em mãos um software capaz de quebrar toda a segurança de um sistema mobile? Sim é! Mas se pararmos para pensar, quantos crimes não deixariam de ser resolvidos por falta de provas, enquanto no smartphone do suspeito há diversos arquivos que podem incriminá-lo, mas não podem ser acessados por causa de uma senha.

Gostou dessa notícia? Então comente e compartilhe ;-)!!!

Nenhum Comentário para “Vírus espião para iPhone é roubado”

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Wayner Pessoa: Muito bom! funcionando perfeitamente....
  • HENRIQUE: Me ajudou muito, obrigado!...
  • Priscila: Gostaria de participar para a prender hakea...
  • Priscila: Gostaria de participar do grupo hakea Whats...
  • Cesar: Funcionou no Windows 10 64 bits de boa! Óti...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens