Vírus em cabo USB que infecta computador



Você acha impressionante um pendrive conter um vírus e infectar um sistema operacional assim que conectado ao computador? E que tal o Rubber Duck, que tem a aparência de um pendrive, mas ao ser conectado ao computador é reconhecido como um dispositivo de entrada e envia diversos comandos para o sistema operacional, para que o mesmo baixe e execute um malware externo?

Apesar de arrojados, esses dois métodos de invasão que eu acabei de citar, não chegam nem perto do USBNinja. Um grupo hacker chamado RFID esta desenvolvendo um hack que é instalado nada mais nada menos que em um cabo USB comum, isso mesmo que você acabou de ler, o dispositivo hacker esta dentro de um cabo USB comum e é capaz de ser acionado pelo Hacker via Bluetooth, o nome desse projeto é USBNinja, e já possui hack em cabos do tipo USB-C, Micro USB e Lightning, ou seja, esse hack pode infectar até mesmo dispositivos Apple.

Usando a nano tecnologia, os hackers responsáveis pelo USBNinja, foram capaz, de implantar um módulo Bluetooth minúsculo, dentro de um cabo USB, de tal forma, que ele pareça ser um cabo USB comum, desses que vem com dispositivos ou que compramos em lojas de informática. O módulo Bluetooth é ligado em paralelo no cabo USB, tanto nos pinos de energia, quanto de dados, dessa forma, ele é alimentado e pode receber conexões de dispositivos Bluetooth externos, além disso, através dos pinos de dados do USB, o módulo pode enviar comandos para que o sistema operacional rode, assim como o Rubber Duck faz, como a ligação do módulo é em paralelo, o cabo USB continua sendo útil para ligar outros dispositivos, como por exemplo o seu smartphone.

Com o USBNinja, a invasão ao sistema ocorre quando a vítima conecta o cabo ao computador, a partir dai, o hacker pode se conectar via Bluetooth com o USBNinja e enviar o comando de invasão, essa conexão pode ser feita em até 100 metros de distância do USBNinja, através de um outro dispositivo desenvolvido pelo grupo hacker, mas também poderia ser feito via app para smartphone, após enviar o comando de invasão, o hack que esta no cabo, faz o sistema detecta-lo como dispositivo de entrada, a partir dai envia comandos, para que o sistema operacional baixe e instale um malware de acesso remoto (trojan), que permite com que o invasor controle o computador hackeado. Veja abaixo um vídeo que explica como o USBNinja funciona e mostra o mesmo em ação.

Esse projeto do USBNinja esta aberto para investidores pelo CrowdSupply, e qualquer pessoa pode fazer uma doação de no mínimo US$ 79. Segundo os desenvolvedores: “A USBNinja é uma ferramenta de teste de segurança e penetração de informações que parece e funciona exatamente como o cabo USB normal (energia e dados), até que um controle remoto sem fio dispare para fornecer a carga de ataque à máquina host. Em essência, o USBNinja é o próximo passo na evolução do BadUSB, incorporando o ataque no próprio cabo USB”.

O que você achou dessa forma de invasão? Comente e compartilhe ;-)!!!

2 Comentários para “Vírus em cabo USB que infecta computador”

Andrade

14 de outubro de 2018 ás 12:58hs

Olá amigo fiquei curioso com sua matéria venho sempre acompanhando seus trabalhos você pode informar se tem como previnirmos contra essa possível invasão oque eu devo fazer ?
Fico grato se responder conto com sua ajuda obrigado

    15 de outubro de 2018 ás 18:54hs

    Como o malware que esta no cabo explora falhas do sistema, para então baixar um vírus e executá-lo, o que podemos fazer é manter nossos sistemas e programas atualizados, além de utilizar antivírus bons e também atualizados. Claro que se for um ataque arrojado, irá ser através de uma vulnerabilidade zero-day e um vírus totalmente indetectável, mas no caso de ataques mais comuns, essas medidas já nos protegeria.

    Abração!!!

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • o outro: 99% de segurança com o computador desligado...
  • Marcelo: Como faço esse mesmo processo só que utiliz...
  • Pedro: Não roda e o g6 da lg quem roda...
  • vICENTE FARIA DE SOUZA: roda no galaxy a5...
  • Alan: De que adianta ter uma senha segura, se os ...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens