Curso de Hacker Mundo Dos Hackers

Vazaram 3,4 milhões de senhas do Netflix e Spotify



O vazamento de dados é bem comum nos dias de hoje, ao conseguir coletar dados invadindo bancos de dados ou aplicando golpes de Phishing nas vítimas, os cibercriminosos muitas vezes fazem um compilado de todas as senhas e informações conseguidas e divulgam em grupos cracker, quase sempre esse compartilhamento é feito na Deep Web ou Dark Web, que é uma camada mais profunda da Internet, onde para acessar é preciso utilizar um navegador especial e conhecer o link para o site que você quer acessar, afinal todos os dados são criptografados e os endereços dos sites não podem ser encontrados por mecanismos de buscas, apesar desse mundo underground há grupos de cibercriminosos que ainda vazam todos os dados na Internet comum, onde qualquer pessoa pode visualizar os dados, o que acaba causando transtornos ainda maiores para os donos das contas.

Durante essa ultima semana, o laboratório de segurança da PSafe dfndr lab, fez um levantamento de cinco bancos de dados que foram comprometidos em diversos países, segundo o dfndr, ao todo cerca de 3,4 milhões de usuários e senhas de pessoas de todo o mundo foram vazadas na Internet, ao que parece esses dados de acesso são de serviços de streaming de vídeo e música como o Netflix e Spotify respectivamente, além desses serviços, os documentos vazados também contém dados de acesso de contas de jogos. Nos documentos vazados que a dfndr lab teve acesso é possível encontrar informações como email do usuário e senha seguido pelo site que corresponde os dados de acesso.

O que agrava ainda mais a situação desses usuários em casos de vazamento de dados, é que a maioria das pessoas tem o péssimo habito de utilizar a mesma senha para diversos serviços, com isso além de testar o acesso no site em que o usuário e senha pertence, cibercriminosos tentam utilizar o mesmo email e senha para acessar serviços de email, redes sociais e vários outros sites e aplicativos, com isso o cibercriminosos acaba podendo até mesmo ter um controle absoluto das contas da vítima.

De acordo com o dfndr, ao que parece os dados não foram obtidos por meio de invasões aos bancos de dados das empresas de streaming, em vez disso, os dados provavelmente foram coletados por meio de ataques Phishing, onde os cibercriminosos espalharam mensagens falsas via WhatsApp e redes sociais, com links para download de arquivos maliciosos ou pra sites falsos, no caso de infecção por meio de vírus, os dados podem ser obtidos através de uma invasão ao sistema da vítima, já no caso de sites falsos, a vítima acaba fornecendo seu usuário e senha no site falso achando que é o verdadeiro. Normalmente essas mensagens de golpes Phishing utilizam assuntos chamativos como promoções, assinaturas grátis, sorteios e outros benefícios que os assinantes teriam ao clicar no link que segue a mensagem. Veja abaixo um print dos dados em que o dfndr teve acesso.

Para se proteger desses tipos de ataques e vazamentos de dados, evite clicar em links recebidos via WhatsApp, email, Facebook ou qualquer outra rede social, se você acha que a promoção ou sorteio é verdadeiro, acesse MANUALMENTE o site oficial do serviço em questão, se a promoção for real a mesma deve estar em destaque na página inicial do serviço. Outra dica importante, evite ao máximo utilizar a mesma senha para sites diferentes, pois caso sua conta venha a ser comprometida, você não correrá o risco de ter várias outras contas comprometidas por terem a mesma senha, além disso sempre utilize um bom antivírus, anti spyware e firewall.

Eae o que você acha desse vazamento? Deixe seu comentário abaixo ;-)!

Nenhum Comentário para “Vazaram 3,4 milhões de senhas do Netflix e Spotify”

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Jailson: Oi amigo vc pode me ensina ou ajuda mesmo p...
  • Fabiano Junio: Boa noite, gostaria de montar seu projeto, ...
  • Sorriso :D: Como a própria publicação fala, para tornar...
  • Valnei: Clonei o whatsapp como na descrição, porem...
  • raphael: Eu testei ele pega o IP de conexão que o pr...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens