McAfee oferece US$ 100 mil para quem hackear sua Bitfi



Todo sistema, programa ou rede pode ser hackeado certo? Eu compartilho dessa ideia, afinal, mesmo que o sistema seja atualizado, otimizado e todo o código que o compõe tenha sido revisado e corrigido, a um fator que sempre tornará o sistema, programa ou rede vulnerável, o ser humano que esta por trás dele. Mesmo que um sistema esteja sem nenhuma brecha de segurança, em algum dia esse sistema terá que ser atualizado, para proporcionar novos recursos ao usuário, e é exatamente ai onde pode surgir uma nova falha, além do mais, se estivermos falando de acesso a contas, ainda há o fator “usuário”, ao invés de hackear um sistema com diversos protocolos de segurança, acaba sendo mais viável invadir o usuário que quase sempre possui apenas conhecimentos básicos ou até mesmo nenhum conhecimento em segurança, com isso, basta conseguir a senha do usuário e se logar ao sistema normalmente.

Bom, ao que parece esse ponto de vista de que todo sistema pode ser hackeado, não vem sendo adotado pelo John McAfee criador da empresa de cibersegurança McAfee, se veio a sua mente o antivírus McAffe, sim, esse é um dos produtos da empresa de McAffe. Com a ideia de que um sistema pode ser sim 100% seguro, John McAffe lançou um desafio com uma recompensa de US$ 100 mil, o desafio é hackear sua carteira digital Bitfi, que é responsável por armazenar diversas criptomoedas como o Bitcoin, segundo John: “Para todos os ‘negadores’ que afirmam que ‘tudo é hackeável’ e que não acreditam que minha carteira Bitfi seja verdadeiramente o primeiro dispositivo impossível de se hackear no mundo, uma recompensa de 100.000 dólares será atribuída a qualquer pessoa que consiga fazer isso“; Esse texto foi publicado no Twitter oficial do McAfee.

Claro que para um desafio valendo tanto dinheiro, a Bitfi não permitira qualquer tipo de ataque ou tentativa de invasão, por tanto, a equipe da Bitfi divulgou um link com mais detalhes do desafio, nesse link tem algumas regras para as tentativas de invasão, além disso, para hackear a conta Bitfi, é necessário que você compre uma carteira Bitfi e coloque pelo menos US$ 50 em criptomoedas, para então tentar invadir essa conta e “roubar” os US$ 50, os ataques feitos devem ser tornados públicos para que outros hackers fiquem cientes dos ataques que já foram feitos e possam tentar outros caminhos por tentativa e erro.

Gostou dessa notícia? Então comente e compartilhe ;-)!!!

Nenhum Comentário para “McAfee oferece US$ 100 mil para quem hackear sua Bitfi”

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Jailson: Oi amigo vc pode me ensina ou ajuda mesmo p...
  • Fabiano Junio: Boa noite, gostaria de montar seu projeto, ...
  • Sorriso :D: Como a própria publicação fala, para tornar...
  • Valnei: Clonei o whatsapp como na descrição, porem...
  • raphael: Eu testei ele pega o IP de conexão que o pr...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens