Curso de Hacker Mundo Dos Hackers

Foto pode burlar o reconhecimento facial dos Smartphones



No inicio dos Smartphones principalmente os que rodam Android, o meio mais seguro para manter o aparelho bloqueado era a utilização de senhas ou de padrões de arrasto, hoje em dia diversos aparelhos possuem um meio de segurança muito mais seguro que é o reconhecimento facial, já que utilizando esse método apenas a pessoa que teve o rosto registrado no aparelho é que poderá desbloqueá-lo com sua face certo? Não, errado :D!

Hoje smartphones de diversas marcas contam com o reconhecimento facial como método de desbloqueio de tela, isso sem dúvida facilita muito na hora de desbloquear o aparelho, mas no caso de alguns aparelhos esta bem longe de ser o método mais seguro para desbloqueio da tela.

Uma pesquisa realizada pela Associação de Consumidores Holandeses, testou o sistema de reconhecimento facial de 110 modelos de smartphones mais utilizados atualmente, o meio que eles utilizaram para tentar burlar o reconhecimento facial foi uma simples foto em alta resolução, e apesar da técnica grotesca acredite, quase metade dos smartphones testados desbloquearam a tela acreditando que a foto era realmente a pessoa cadastrada no reconhecimento facial, dentre os modelos que foram burlados estão smartphones populares como ASUS Zenfone 5, Samsung Galaxy A8, Sony Xperia XZ3 e Motorola One, ao todo 42 dos 110 aparelhos testados foram enganados pela foto, veja abaixo a lista completa dos aparelhos que falharam no teste:

Alcatel 1X
Asus Zenfone 5 Lite (64 GB)
Asus Zenfone 5 (ZE620KL) (64 GB)
BlackBerry Key2
BlackBerry Key2 (Estados Unidos)
BQ Aquaris X2
BQ Aquaris X2 Pro
General Mobile GM8
HTC U11+
Huawei P20 (EML – L29)
Huawei P20 Lite
Huawei P20 Pro (CLT – L29)
Lenovo Motorola Moto E5
Lenovo Motorola Moto E5 (Brasil)
Lenovo Motorola Moto E5 Plus (Brasil)
Lenovo Motorola Moto G6 Play
LG K9 (LM-X210EMW)
LG Q6 Alpha (LG-M700n)
Motorola Moto G6 Play (Brasil)
Motorola One
Nokia 3.1
Nokia 3.1 (Estados Unidos)
Nokia 7.1
Oukitel VU
Samsung Galaxy A7 (2018)
Samsung Galaxy A8 (32GB) (SM-A530F/DS)
Samsung Galaxy A8 (64 GB)
Samsung Galaxy A8+ (SM-A730F)
Samsung Galaxy J8 (Brasil)
Sony Xperia L2 (H3311)
Sony Xperia L2 (H3321)
Sony Xperia XZ2 (H8216)
Sony Xperia XZ2 (Estados Unidos)
Sony Xperia XZ2 Compact (H8314)
Sony Xperia XZ2 Compact (Estados Unidos)
Sony Xperia XZ2 Compact Dual SIM (H8324)
Sony Xperia XZ2 Dual SIM (H8266)
Sony Xperia XZ2 Premium (Estados Unidos)
Sony Xperia XZ3
Vodafone Smart N9
Xiaomi Mi A2
Xiaomi Mi A2 (32GB)

Veja abaixo os aparelhos que passaram no teste e não desbloquearam a tela com a foto sendo utilizada no reconhecimento de face:

Alcatel 3V (5099D)
Alcatel 5
Apple iPhone Xr (128 GB)
Apple iPhone Xr (256 GB)
Apple iPhone Xr (64 GB)
Apple iPhone Xs (256GB)
Apple iPhone Xs (512GB)
Apple iPhone Xs (64GB)
Apple iPhone Xs Max (256GB)
Apple iPhone Xs Max (512GB)
Apple iPhone Xs Max (64GB)
Asus Zenfone Max Plus (ZB570TL)
Honor 10
Honor 7C
Honor 8X
Honor View 10
HTC U12+ (União Europeia)
HTC U12+ (Estados Unidos)
Huawei P Smart+
Huawei Y6 (2018) (ATU-L21)
Huawei Y7 (2018)
Huawei Mate 20
Huawei Mate 20 Lite
Huawei Mate 20 Pro
Lenovo Motorola Moto G6 (32GB)
Lenovo Motorola Moto G6 (64GB)
Lenovo Motorola Moto G6 (Estados Unidos)
Lenovo Motorola Moto G6 Plus
Lenovo Motorola Moto Z3 (Estados Unidos)
Lenovo Motorola Moto Z3 Play
Lenovo Motorola Moto Z3 Play (Estados Unidos)
Motorola Moto G6 (Brasil)
Motorola Moto G6 Plus (Brasil)
One Plus 5T
OnePlus 6 (128GB)
OnePlus 6 (256GB)
OnePlus 6 (64GB)
OnePlus 6 (64 GB) (Estados Unidos)
Oppo Find X
Samsung Galaxy A6 (32GB)
Samsung Galaxy A6 + (32GB)
Samsung Galaxy A6 + (64 GB)
Samsung Galaxy A9 (2018)
Samsung Galaxy J6 (2018)
Samsung Galaxy Note 9 (128 GB) (Estados Unidos)
Samsung Galaxy Note 9 (128 GB) Dual SIM (Brasil)
Samsung Galaxy Note 9 (128 GB) Single SIM (Estados Unidos)
Samsung Galaxy Note 9 (SM-N960U1) (Estados Unidos)
Samsung Galaxy S9 (SM-G960F/DS)
Samsung Galaxy S9 (SM-G960U1) (Estados Unidos)
Samsung Galaxy S9 (256 GB)
Samsung Galaxy S9 dual (128GB)
Samsung Galaxy S9+ (SM-G965F/DS)
Samsung Galaxy S9+ (256 GB)
Samsung Galaxy S9+ dual SIM (128GB)
Samsung Galaxy S9+ single SIM
Samsung Galaxy S9+ (SM-G965U1) (Estados Unidos)
WIKO View 2

Claro que uma foto mesmo sendo da pessoa cadastrada no sistema de reconhecimento facial não deve se reconhecida como a pessoa em si, para esse método ser utilizado como desbloqueio de “segurança”, além de reconhecer as características do rosto da pessoa utilizando o algoritmo de reconhecimento facial, é preciso acima de tudo identificar a imagem que esta na câmera como realmente sendo uma face, ou seja, com características 3D, só assim o reconhecimento facial se torna confiável ao ponto de virar uma senha, o problema é que para fazer um reconhecimento em três dimensões, além da câmera os aparelhos precisam de um sensor de profundidade infravermelho com transmissor e receptor, o que torna o preço de produção do aparelho mais caro, isso sem falar no algoritmo de reconhecimento facial que teria que utilizar os dados do sensor de profundidade como uma variável, ou seja, exigiria mais poder de processamento e memória, o que pode se tornar inviável para modelos mais populares com pouca memória e processamento.

Um exemplo de aparelhos que utilizam um reconhecimento de face tridimensional é o iPhone e Samsung Galaxy S9, eles conseguem diferenciar uma foto de um rosto de verdade, porém são bem mais completos e consequentemente mais caros.

O maior problema disso tudo é que a maioria dos fabricantes de smartphones, tem consciência de que seus modelos mais populares não são capazes de identificar o que é uma face de uma pessoa ou uma foto, e mesmo assim fazem todo o marketing desses aparelhos em cima do recurso de reconhecimento facial como sendo uma tecnologia de alta segurança, que pode ser utilizada não só como desbloqueio de tela mas também para se autenticar em aplicativos e redes sociais, isso passa para os clientes uma falsa sensação de segurança, afinal qualquer pessoa com uma foto do cliente poderia desbloquear o aparelho e utilizar todos os aplicativos que utilizem o reconhecimento facial como meio de autenticação.

Vale lembrar também, que mesmo os aparelhos que fazem o reconhecimento de face em três dimensões, não são 100% seguros, no caso desses aparelhos é possível utilizar uma cópia da face em três dimensões da pessoa como meio de burlar o reconhecimento facial, é bem mais trabalhoso que tirar uma simples foto mas funciona, além do mais, hoje em dia as impressoras 3D estão cada vez mais populares, tornando possível a impressão da face de qualquer pessoa :D.

Eae você sabia que é possível fazer o reconhecimento facial com uma foto? Deixe seu comentário abaixo ;-)!!!

Nenhum Comentário para “Foto pode burlar o reconhecimento facial dos Smartphones”

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Jailson: Oi amigo vc pode me ensina ou ajuda mesmo p...
  • Fabiano Junio: Boa noite, gostaria de montar seu projeto, ...
  • Sorriso :D: Como a própria publicação fala, para tornar...
  • Valnei: Clonei o whatsapp como na descrição, porem...
  • raphael: Eu testei ele pega o IP de conexão que o pr...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens