Ferramenta para criptografia TrueCrypt



Um assunto que chama muito a atenção de usuários de informática é a segurança de arquivos e pastas pessoais, como proteger esses arquivos e evitar que outras pessoas leiam, vejam, escutem ou acessem seus dados ou arquivos? A resposta exata para essa pergunta seria a Criptografia.

Com a criptografia você consegue colocar senha em pastas e arquivos ou até mesmo bagunçar completamente as informações de um arquivo de texto por exemplo. Dessa forma você consegue evitar que pessoas não autorizadas, tenham acesso a seus arquivos. Como esse não é um post técnico sobre criptografia, eu não falarei sobre algoritmos de criptografia e nem como eles podem ser quebrados ou decifrados, vamos nos apegar apenas a criptografia na prática.

Hoje em dia existem vários programas de criptografia, que podem ser usados em vários momentos, dentre esses programas um que se destaca é o TrueCrypt. Com o TrueCrypt você consegue criar volumes criptografados protegidos por senha, esses volumes são como HDs virtuais, aonde você pode armazenar todos os arquivos e pastas que você queira proteger.

A utilização do TrueCrypte é muito simples. Primeiro você deve criar um volume criptografado, durante a criação desse volume, será pedido uma senha e informações de tamanho para o volume, além disso também terá algumas opções de criptografia, como tamanho e algoritmo. Após as configurações terem sido feitas, será gerado um arquivo que será responsável por armazenar todos os arquivos e pastas que você colocar no volume criado, na verdade, esse arquivo é o volume que você acabou de criar.

Com o volume criado, basta você monta-lo utilizando o TrueCrypt e abri-lo dando dois cliques no volume ou entrando em “Computador / Letra do volume“. Quando você quiser criptografar um arquivo ou pasta, basta copia-lo para dentro do volume, ao término desse processo desmonte o volume, dessa forma o seu volume conterá todos os arquivos que você copiou para dentro dele e só poderá ser montado novamente com a utilização do TrueCrypt, utilizando a senha que você forneceu na criação do volume.

Um ponto legal do TrueCrypt, é que você pode criar o volume do tamanho que você quiser, sendo assim, você pode criar por exemplo um volume com metade do tamanho do seu pendrive e sempre leva-lo no pendrive, junto é claro com o instalador do TrueCrypt, para que você possa descriptografa-lo, a outra metade do espaço do pendrive, você pode utilizar para armazenar arquivos que não precisam ser criptografados.

Além dessa opção de criar volumes criptografados, o TrueCrypt também possui opções de criptografia de dispositivos como HDs, e partições como as partições FAT dos pendrives e as partições NTFS do Windows.

Atualmente o TrueCrypt esta na versão 7.1 e esta disponível para Windows, MAC e Linux, para baixa-lo acesse o site oficial da ferramenta.

Se você procura por algum programa que proteja os seus arquivos de curiosos, o TrueCrypt é uma ótima opção, se você esta estudando hacking, não deixe de testar essa ferramenta, afinal, todo Hacker antes de saber invadir, tem que saber se defender.

Em breve eu farei alguns tutoriais mostrando como utilizar o TrueCrypt no Windows, MAC e Linux.

Não deixem de comentar ;)!!!

9 Comentários para “Ferramenta para criptografia TrueCrypt”

RbbkMoste$

1 de outubro de 2011 ás 13:29hs

paulo to precisando de um programa pra descriptografar uns nomes e login por favor estou aguardando

alyson silva

18 de abril de 2012 ás 22:36hs

como Criptografia. codigo php ?

alyson silva

18 de abril de 2012 ás 22:38hs

como protege codigo fonte das paginas php…. ?

Henrique

13 de junho de 2012 ás 12:05hs

Tem como baixar pelo teminal?
Se tiver, como?

    13 de junho de 2012 ás 14:48hs

    Baixar o programa pelo terminal?

    Abração!!!

PINóKIO

16 de dezembro de 2012 ás 8:34hs

Gostaria de saber se os fabricantes de qualquer programa de criptografia são obrigados a deixar um código ou uma maneira para que seja descriptografado o arquivo criado, independente da senha criada pelo usuário do mesmo?
Digo como exemplo para uma futura investigação judicial.
“Sei que existe aquela técnica de congelamento da memória ram que até o truecrypt e o bitlocker não escapam. Ao meu ver o winrar é um programa muito bom, se for compactado com uma senha extensa variada de caracteres e simbolos nenhum programa pode quebrar a senha.
Uso o truecrypt a tempos e ele é muito bom, vale apena usá-lo.”

    18 de dezembro de 2012 ás 23:53hs

    Na verdade, quando estamos falando de criptografia, estamos falando de algoritmos matemáticos que fazem toda a cifra de um dado, por tanto, a não ser que os desenvolvedores do algoritmo de criptografia já conheça uma possível falha, não tem nem como eles mesmos saberem um método de quebra da criptografia sem a senha, por tanto, nem se eles quisessem eles poderiam passar a forma para os policiais.

    Normalmente os peritos forense exploram falhas conhecidas em algoritmos de criptografia ou tentam força bruta para conseguir a senha, mas antes de tudo eles tentam obrigar a pessoa por meios legais (e talvez ilegais) a dizer a senha.

    Abração!!!

      Pinókio

      20 de dezembro de 2012 ás 9:14hs

      Obrigado pela atenção e por todas as respostas que tem dado a todos
      nós e sanado nossas dúvidas. Parabéns!… Feliz natal e próspero ano.

        20 de dezembro de 2012 ás 13:34hs

        Valeu :D, Feliz Natal para você também!!!

        Abração!!!

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Paulo Tacio: Esta atualizado para os tempos de hoje (201...
  • d3tt0x: O curso está atualizado para o ano de 2017 ...
  • Paulo Tacio: Olá!!! Curso eu recomendo o Curso de Hacke...
  • Paulo Tacio: Olá!!! Sim, temos todos os produtos dispon...
  • Apenas um Cara: Ainda dá pra comprar ?...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens