Curso de Hacker Mundo Dos Hackers

Coreia do norte possui ala militar para ataques Hacker



Nos últimos anos a Coreia do Norte vem ganhando uma enorme notoriedade pelo mundo devido aos seus programas nucleares, que inclusive revelou a tão temida bomba de hidrogênio, como se isso não bastasse, o governo da Coreia ao ser confrontado pelas suas atitudes e programas nucleares, não mede as palavras para intimidar e até mesmo ameaçar países que tentam se “intrometer” em seus assuntos internos, para você ter uma ideia no ano passado a Coreia do Norte chegou até mesmo a ameaçar formalmente os Estados Unidos, o que acabou criando um clima tenso não só entre os dois países mas em todo mundo com o temor de uma possível 3ª guerra mundial. Com toda essa instabilidade diplomática não demorou muito para a ONU interferir nessa troca de farpas e tentar de alguma forma evitar que uma guerra “exploda”.

Como todos sabemos, nos tempos atuais não é possível fazer nada sem dinheiro, e se comprar um carro popular no Brasil a R$ 45mil já é caro, imagine quanto não custa um programa nuclear, isso sem falar no investimento que deve ser feito em seu poderio militar, afinal ao elaborar um programa nuclear com bombas de hidrogênio você meio que esta dizendo indiretamente que pretende iniciar uma guerra. Se tudo envolve dinheiro, qual seria a medida mais efetiva para paralisar os programas nucleares e militares de um país? Exatamente cortar a fonte de renda do mesmo! Para isso a ONU impôs várias sanções econômicas a Coreia do Norte, impedindo por exemplo a exportação de carvão por parte do país, o que era uma das principais fontes de renda da Coreia do Norte.

Bom então quer dizer que esta tudo certo, a Coreia do Norte não tem mais como gerar renda para seus programas nucleares certo? Errado! Em resposta as sanções e como meio de continuar gerando uma renda o governo da Coreia do Norte criou uma espécie de ala militar Hacker, encarregada de fazer ataques cibernéticos à empresas e governos de outros países para de alguma forma conseguir lucrar com as invasões.

Entre 2017 e 2018 a República Democrática da Coreia hackeou ao menos 5 exchanges asiáticas, conseguindo roubar cerca de $571 milhões segundo estimativas. Segundo relatórios do comitê do Conselho de Segurança da ONU, a Coreia do Norte vem utilizando a tecnologia de blockchain para encobrir seus rastros, e apesar do relatório não nomear as plataformas de negociação afetadas, é possível que a Coreia do Norte esteja envolvida em um hack realizado a Coincheck do Japão que perdeu $530 milhões de NEM no começo do ano de 2018, e também em uma invasão a Zaif também japonesa que perdeu $60 milhões, além desses dois ataques, a plataforma Interpark na Coreia do Sul teve mais de 10 milhões de dados dos usuários roubados, na ocasião foi pedido um resgate pelos dados de $2.7 milhões, o governo da Coreia do Sul acredita que a Coreia do Norte esteja envolvida nessa invasão.

Não é nenhuma novidade que o governo de um país possua um programa hacker ou de ciberataques, afinal hoje em dia é mais viável você travar uma guerra virtual onde as armas são teclados e as balas são bits, e as conquistas são segredos de estado e tecnológicos sem falar no dinheiro que tudo isso envolve, do que travar uma guerra física onde tanques, balas e bombas podem literalmente queimar tudo pela frente e causar apenas destruição. Agora um governo utilizar seu  próprio poderio “hacker” como meio de gerar renda para o país essa é nova.

Eae o que você achou dessa notícia? Deixe seu comentário abaixo ;-)!!!

Nenhum Comentário para “Coreia do norte possui ala militar para ataques Hacker”

Deixe seu Comentário

Comentários Recentes

  • Jailson: Oi amigo vc pode me ensina ou ajuda mesmo p...
  • Fabiano Junio: Boa noite, gostaria de montar seu projeto, ...
  • Sorriso :D: Como a própria publicação fala, para tornar...
  • Valnei: Clonei o whatsapp como na descrição, porem...
  • raphael: Eu testei ele pega o IP de conexão que o pr...

Galeria de Imagens

Ver mais imagens